Alunos de Engenharia de Alimentos da Uefs criam o quibe de caju

Criatividade combina com gastronomia? Não só combinou como
precisou ser receita básica para os estudantes do 9º semestre de Engenharia de
Alimentos da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), que receberam o
desafio de criar um novo produto alimentício. O resultado foi o “Quibe com
fibra de Caju”, que passou por uma análise sensorial no dia 05 de abril.

Durante o dia, dezenas de pessoas degustaram a iguaria e
opinaram acerca do nível de aceitação e da intenção de compra do produto. De
acordo com a professora do Departamento de Tecnologia da Uefs, Jean Márcia
Mascarenhas, o produto tem um sabor regional e, por isso, as chances de
aceitação aumentam muito. Ainda segundo ela, valorizar as matérias-primas da
Região Nordeste é um dos objetivos da disciplina que ministra, denominada
Desenvolvimento de Novos Produtos.

 “Com a atividade
conseguimos integrar dois universos: a potencialidade da produção agrícola
daqui e o conhecimento técnico dos futuros engenheiros. Se trazemos novas
propostas estamos contribuindo não só para o curso de Engenharia de Alimentos,
mas para o desenvolvimento do semiárido”, destacou.
Dar outra destinação à fibra do caju, que geralmente só é
utilizada para produção artesanal de doces ou ração animal, foi o que aguçou a
criatividade dos alunos, segundo eles. Apesar do alto valor nutritivo da fibra
do caju, ela ainda é bastante descartada na nossa região.
Fonte: Ascom/UNEF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *